Vamos fazer as malas? : SaladaCorporativa – Serviços de coaching, aconselhamento e transição de carreira.
A+ | A-

Vamos fazer as malas?


Para quem já está pensando em suas próximas férias vale a pena ler os  livros da Danuza Leão: Fazendo as malas e De  Malas prontas, ambos editados pela Cia das Letras.


Danuza Leão escreve de uma forma tão “intima” que parece que  estamos conversando com uma amiga próxima que acabou de voltar de viagem.  Ela nos dá dicas de passeios clássicos e também de lugares, hotéis, e compras que só com alguma pesquisa e  indicações de “locais”  conseguimos descobrir. Imperdível!

Nesse primeiro livro ela  nos conta de sua viagem para Sevilha, Lisboa, Paris e Roma.

Seguem algumas fotos dos locais para você se animar, ok?

Pátio do Reales Alcázares, em Sevilha

Torre de Belém, Lisboa

Place de la Concorde, Paris


Coliseu, Roma

Neste guia inusitado, Danuza Leão visita quatro cidades européias e traz de volta uma mala cheia de dicas e histórias indispensável para quem gosta de viajar, mesmo do sofá. “Afinal, o que é uma mulher sem malas?” Essa é a pergunta que faz Danuza Leão ao se preparar para uma viagem curta à Europa. Tudo começa numa de suas constantes insônias, que ela tenta inutilmente driblar lendo, escrevendo, vendo televisão, ou mesmo trocando de lugar os móveis da sala. Ou, ainda, deixando a imaginação viajar. Pois foi da combinação entre um filme na televisão – com Ava Gardner, Tyrone Power, Errol Flynn e muitas touradas e flamencos – e suas divagações que lhe veio a idéia: por que não voltar à caliente Sevilha na época da animadíssima Feria? Daí para uma viagem que incluísse, além da capital da Andaluzia, Lisboa, Paris e Roma foram apenas alguns telefonemas para empresas aéreas e hotéis. Tudo muito fácil. Exceto por um pequeno problema: seria preciso fazer a mala, ou melhor, as malas. Como diz Danuza, ela costuma levar, segundo os seus critérios, o mínimo possível. Só que – ela confessa também – seus critérios “são sempre exagerados”. E assim, graças a uma insônia – e carregando três malas grandes, todas cheias -, ela partiu para a breve e deliciosa viagem que relata neste livro repleto de dicas espertas e saborosas sobre hotéis, restaurantes, passeios e as obrigatórias compras. (Depois de uma jornada nas Galeries Lafayette e no Printemps de Paris, a autora joga a toalha: “Resultado do dia: uma mulher destruída, arrasada, querendo só uma coisa na vida: sossego, e nunca mais ouvir falar de compras. E vendendo a alma ao diabo para arranjar um táxi”.) A alegria colorida das festas sevilhanas, as tentações irresistíveis dos doces portugueses, os preços estratosféricos (e a qualidade nem tanto) das maisons e butiques parisienses, e a elegância e o romantismo dos homens romanos são alguns temas desta viagem conduzida pelas mãos sábias de Danuza Leão. E, com sua ironia graciosa, ela encerra com chave de ouro: “Com todas as agruras que é viajar hoje em dia – as filas no check-in, as revistas para ver se você não é terrorista, as malas que são desfeitas e refeitas -, viajar ainda é das melhores coisas do mundo, e é bom aproveitar agora, já, porque os chineses estão chegando…”. No final do livro, o leitor encontra um roteiro com informações úteis sobre os hotéis, restaurantes, bares e lojas citados por Danuza”.

Amanhã publicarei sobre o segundo livro: De Malas Prontas.
Ótimo final de semana!
Joseana Pereira
Gostou da dica e deseja comprar o livro?
Print Friendly
Facebook Twitter Plusone Linkedin Email
Comentários
to “Vamos fazer as malas?”
  1. Eu quero!!! Deu vontade de fazer as malas e ir para Paris!!
    Obrigada!

Trackbacks
Veja o que os outros estão falando...
  1. […] publiquei o post sobre o livro de Danuza Leão: Fazendo as malas, no qual ela nos conta sobre sua viagem para Sevilha, Lisboa, Paris e […]



Comentar

*

TV Salada

No items
whatsapp for pc free xbox live codes free psn codes horoskopi ditor elliptical machine igrice