Sorte ou Esforço? : SaladaCorporativa – Blog sobre gestão de carreira, coaching, empreendedorismo e lazer
A+ | A-

Sorte ou Esforço?

Conquiste sua vaga de Trainee

Postei na minha página do Facebook uma frase que ouvi numa rádio, mas que gerou uma polêmica sobre o verdadeiro autor: “Quanto mais treino, mais sorte tenho”. Recebi comentários de que a frase é do Oscar do Basquete e também do Michael Jordan – também do basquete.

Bem, independente do autor, acho a frase ótima pois para mim é bastante provocadora: Como realizo minhas conquistas, meus sonhos, meus desejos? Por sorte? Simplesmente assim?

Hum… mesmo que eu acredite em sorte, cadê o esforço diário, muitas vezes solitário e até mesmo difícil para não desistir dos sonhos, de nossos planos?

Cadê o sentimento de realização, da vontade de comemorar muito, quando conseguimos com esforço, investir em um curso que tanto queremos, em comprar algo que tanto desejamos, em trabalhar no que se gosta e quer, em ter mais saúde por ter começado a fazer atividades físicas, por ter melhorado a alimentação etc?

Ao me lembrar dos eventos que chamo de sorte e dos sentimentos que guardo deles, a sensação é muito boa: surpresa, sensação de prazer e de satisfação.

Pausa para eu explicar o que é sorte para mim: é algo que aconteceu de positivo e que foi totalmente inesperado, como por exemplo eu ter ganho um upgrade na classe numa viagem internacional ou ter ganho uma bolsa numa festa de igreja quando era bem pequena. Que fique registrado que lembro dessa bolsa em detalhes até hoje (risos)!

Me dou conta ao compartilhar com vocês minhas reflexões que as conquistas que tive pelo esforço, me dão as mesmas sensações que a tal da sorte, porém com uma diferença: pude rever a forma como as conquistei, pude perceber o que fiz bem e o que posso incorporar na minha vida para obter novas consquistas. Posso dizer que me apropriei da minha vida, do que acredito, do que valorizo e de quem posso “contar com” durante a caminhada. Principalmente, quando ela estiver mais árdua.

Sei também que muitas vezes é difícil assumir a total responsabilidade por nossas vidas e que ao longo dela, principalmente quando o que desejamos não dá certo, responsabilizamos nossos pais, professores, namorados, chefes, mercado de trabalho, a crise global etc.

Não nego a influência óbvia dos fatores externos. Sim, são externos e nem sempre podemos controlá-los. Mas e aqueles que dependem de nós? Será que estamos fazendo a nossa parte nas relações familiares, com amigos e no trabalho?

Você considera que as suas conquistas resultaram de:

Veja os Resultados

Loading ... Loading ...

Muito treino e boa sorte para todos nós!

Joseana Pereira

Print Friendly
Facebook Twitter Plusone Linkedin Email
Comentários
to “Sorte ou Esforço?”
  1. Bianca Leite Dramali disse:

    No livro “Consciência nos Negócios” o autor trabalha em um dos capítulos o tema “Vítima e Protagonista”. E estes conceitos permeiam todo o restante do livro. Vale a pena a leitura e reflexão a partir das mesma. E vejo muito desses conceitos no seu artigo. Parabéns pela excelente proposta de pensarmos a nossas conquistas não como fruto do acaso, mas como fruto de muito esforço e empenho.

    • Olá Bianca, obrigada ppor contribuir para que tenhamos mais referências para refletir sobre as questões que escrevi. Eu agora estou curiosa para dar uma olhada no livro!
      Obrigada novamente por suas palavras!

      Um grande abraço

      Joseana

Comentar

*

TV Salada

José Ricardo Amaro, do Grupo ABC, fala sobre retenção e atração de talentos na Publicidade

José Ricardo Amaro, do Grupo ABC, fala sobre retenção e atração de talentos na Publicidade

Acesse a TV Salada no YouTube: Entrevistas, Eventos e Dicas de Lazer como você nunca viu!