Precisando de um mentor? : SaladaCorporativa – Serviços de coaching, aconselhamento e transição de carreira.
A+ | A-

Precisando de um mentor?

Maria Ribeiro

Maria Ribeiro tem experiência em treinamento em desenvolvimento, com atuação em empresas no Brasil e no exterior, principalmente na indústria de óleo e gás. É formada em Pedagogia pela UFF, com mestrado em Educação e Tecnologia pela UFRJ. Terminou recentemente um MBA em Administração pela Robert Kennedy College.

 

 

Um mentor pode fazer bem para a sua carreira.

Existem momentos na vida que tudo parece virar de pernas para o ar. Digo isto também em relação à vida profissional. Algumas vezes você já pensou em mudar tudo e tomar outro rumo ou então largar tudo e tentar o que realmente quer? Já experimentou fazer isso alguma vez na vida sem ter medo de errar?

Por que nestes momentos, de grandes viradas, nos sentimos tão sozinhos? Acho que nos sentimos assim, sozinhos, perdidos, sem saber que rumo tomar e ainda com a vontade de resolver rápido. Toda esta angustia pode ser amenizada com a ajuda ou os conselhos de alguém, claro que não pode ser a mãe ou uma amiga próxima, que logo pegará você no colo e dirá aquilo que você quer ouvir. Mas, aquilo que você quer ouvir é o melhor caminho?

Pensando assim, encontrei nas minhas leituras, alguns textos e reportagens sobre a importância de ser ter um mentor. Geralmente, pensamos que este personagem entra apenas na vida dos grandes executivos, na sala do alto escalão das empresas. Engana-se você, porque eles podem ajudar a qualquer mortal que procura resolver suas angustias e também a encontrar um caminho, conquistar os objetivos.

O mentor pode ajudar a definir onde você quer chegar; entender ou sair de uma situação; definir que caminhos percorrer; tomar decisões; buscar novas oportunidades; aumentar sua rede de contatos. E, dar o suporte necessário naquele momento de crise, onde você não suporta mais o chefe e precisa mudar de emprego para respirar, ou melhor, para buscar e ter outras oportunidades. Enfim, sair do limbo e seguir a vida.

Alguém já se sentiu paralizado na frente de uma situacão? Algemado a um determinado trabalho? Preso a determinada tarefa, mas louco para fugir dela? Se você respondeu sim para todas as perguntas, corra e ache logo um mentor para te ajudar. Precisa de um para ontem!

Quem pode ser seu mentor?

Volto a questão familiar, nada de parentes. Eles ajudam a dar colo, mas não a tomar decisões, o que é bom na visão deles, talvez não seja para sua carreira. Pode ajudar, mas também atrapalhar. E eles também não entendem de todas as áreas de negócios. Eles ajudam na vida pessoal. Na vida profissional, tente encontrar alguém da área. Opinião pessoal.

Por falar em alguém da área, por que não escolher alguém com quem já trabalhou, teve uma boa experiência e confia? Experiência na área não pode faltar, confiança também não, porque você falará coisas da vida profissional que podem em determinado momento bater no lado pessoal. Precisamos separar estas duas áreas, mas em alguns momentos não dá, elas se juntam, se confundem.

Quem você admira? As boas relações são construídas pela admiração. Você nunca pensou em um dia ser igual ao fulano? Algum profissional já marcou sua vida? Foi seu exemplo? Quando me perguntei se era hora de ter um, não tive dúvidas do nome. Fica a dica.

Print Friendly
Facebook Twitter Plusone Linkedin Email
Comentar

*

TV Salada

No items
whatsapp for pc free xbox live codes free psn codes horoskopi ditor elliptical machine igrice