Temperos : SaladaCorporativa – Blog sobre gestão de carreira, coaching, empreendedorismo e lazer

ICF Global Conference 2014

ICF Global Conference 2014

Evento é uma excelente oportunidade para o seu desenvolvimento.

A cidade do Rio de Janeiro vai sediar, nos dias 14 e 15 de novembro deste ano, a ICF Global Conference 2014.

Pela primeira vez no Brasil, o evento promovido pela International Coaching Federation proporciona grandes possibilidades de desenvolvimento profissional, networking e aumento da visibilidade do coaching.

O crescimento pessoal e profissional de cada participante é constantemente estimulado através de diversas atividades nos mais diferentes formatos, conectando membros de várias áreas de atuação.

Você pode conferir a programação clicando aqui. Para mais informações e fazer a sua inscrição, acesse o site oficial do evento aqui.

Coaches da Salada Corporativa marcarão presença e participarão das atividades. Nós apoiamos a ICF Global Conference e acreditamos que ela é uma excelente oportunidade para o seu desenvolvimento. Não perca!

A perigosa arte de dar desculpas

A perigosa arte de dar desculpas

Deixar as tarefas para depois realmente traz algum benefício?

Você ficou triste com o fim da Copa? Considerada a Copa das Copas, a competição que sediamos foi, além de divertida e emocionante, uma boa oportunidade para descansar… Afinal, foram muitos feriados. Mas e quando esse descanso vira procrastinação? Começamos a inventar desculpas para tudo, sempre deixando nossas tarefas para depois.

“Ah, nem vou começar a montar essa planilha agora porque daqui a pouco tem jogo e não quero me interromper.”

“O time para o qual eu torcia venceu a partida! Vou comemorar me dando uma folguinha.”

“Está cheio de feriado vindo aí mesmo… Não vale a pena focar nesse projeto antes de acabar essa bagunça.”

E, nessa brincadeira, olhe quanto tempo útil podemos perder. Inventar desculpas para postergar nossas obrigações traz realmente algum benefício? Você chegou a fazer isso essa semana?

Vamos muitos clientes que fazem isso. Por vezes, procrastinam sem saber que estão enrolando. Ficam nervosos e não sabem exatamente por quê.

A partir do momento que procrastinamos, jogamos fora tempo e também disposição. A carga de trabalho vai acumulando e embora tenhamos a impressão de liberdade, no fundo sabemos que não é bem assim que a banda toca e, cedo ou tarde, teremos que correr atrás do que deixamos de fazer, mas agora com um prazo bem mais apertado. Isso gera ansiedade, estresse e até medo. Vale a pena enfrentar toda essa carga negativa só para adiar um pouco aquela lista de afazeres?

Fica a reflexão para o fim de semana. E se você quiser transformar seus pensamentos em ações concretas que te puxem para fora do abismo da improdutividade, nós te damos uma mãozinha.

Para gerir é preciso digerir

Para gerir é preciso digerir

Concorra ao livro de Accioly Lopes!

A forma como enxergamos e atuamos com Recursos Humanos tem passado por uma poderosa transformação nos últimos anos: mais que recursos de trabalho, lidamos com seres humanos que pensam, sentem e vivem de acordo com seus próprios valores. Como conciliar isso com a vida corporativa?

Hoje em dia simplesmente gerir pessoas não é mais possível. É fundamental saber digerí-las: entender as características e peculiaridades únicas de cada indivíduo. Esse é o tema abordado – com muito bom humor – no livro “A Arte de diGerir Pessoas nas Organizações”, de Accioly Lopes. Leitura mais que recomendada para aprender a tirar o máximo proveito das relações humanas que acontecem no ambiente de trabalho, seja você da área de RH ou qualquer outra. Afinal, independente do ramo de atuação, todos lidamos com pessoas.

Para celebrar as relações humanas, vamos sortear 4 (quatro) exemplares do livro autografados pelo autor! Para participar é muito fácil: basta você residir na região metropolitana do Rio de Janeiro e seguir os passos abaixo:

- Curta nossa página no Facebook (http://facebook.com/saladacorporativa) e siga no LinkedIn (http://linkd.in/1mRUVY6);

- Compartilhe o post da promoção em seu mural no Facebook de modo público (http://on.fb.me/1m0SWe0);

- Acesse este link (http://bit.ly/1s3C66b) e clique em “quero participar”;

- Leia o regulamento, no fim deste post;

- Pronto! Agora é só torcer!

Você pode participar até as 12:00 do dia 25/08/2014, quando será realizado o sorteio.

Boa sorte!

 

Regulamento

Para participar:

1) Residir na região metropolitana do Rio de Janeiro;

2) Curtir a página da Salada Corporativa no Facebook: http://facebook.com/saladacorporativa;

3) Após curtir a página, é necessário compartilhar o post da promoção no Facebook (http://on.fb.me/1m0SWe0) de modo público no seu mural;

4) Acesar este link (http://bit.ly/1s3C66b) e clicar em “quero participar”;

5) Seguir a página da Salada Corporativa no LinkedIn: http://linkd.in/1mRUVY6;

6) Participar até as 12:00 do dia 25/08/2014, quando será sorteado o sorteio.

Sobre o prêmio:

1) Serão sorteados 4 (quatro) exemplares do livro “A Arte de diGerir Pessoas nas Organizações”, de Accioly Lopes, no Facebook da Salada Corporativa.

Do regulamento:

1) A empresa Salada Corporativa se reserva o direito de alterar qualquer aspecto deste regulamento, sem a necessidade de informação prévia;

2) A empresa Salada Corporativa não realizará, em hipótese alguma, a troca do prêmio, que é intransferível;

3) Em caso de alteração ou cancelamento dessa promoção, a empresa Salada Corporativa honrará com o sorteio já anunciado;

4) Os participantes que descumprirem qualquer item do regulamento serão desclassificados.

Recebimento do prêmio:

1) Os ganhadores do Facebook serão anunciados na página e comunicados por mensagem inbox;

2) Os sorteados terão 7 (sete) dias para enviar: nome completo, endereço completo, e-mail e número do telefone via mensagem inbox;

3) Os prêmios serão enviados quando os 4 (quatro) sorteados tiverem enviado seus dados;

4) Cada sorteado receberá o código de rastreio de seu livro.

Divulgação:

1) O sorteado autoriza a divulgação automática, pela Salada Corporativa, de seu nome e imagem em qualquer tipo de mídia.

Lidando com crises

Lidando com crises

Está em crise? A gente te ajuda!

Crise.

Que sensação esta palavra causa em você? Certamente não é boa. Agora o que você considera uma crise? Não conseguir pagar as contas antes do vencimento? Não gostar do que vê quando se olha no espelho? Não ter sucesso naquele projeto que você tanto se dedicou? Há uma série de situações que podem ser encaradas como crises e isso varia de pessoa para pessoa. Depende dos valores, da criação, da visão que se tem de mundo, das expectativas que se tem sobre si.

Mas e aí? Quando alguma crise se abate sobre você, o que você faz? Joga tudo para o alto, corre e se esconde? Semana passada um de nossos clientes disse que estava passando por uma crise e fez exatamente isso: fugiu dela. Você acha que isso foi uma boa ideia? Durante a sessão, ele concluiu que não. Mas é compreensível. Nem sempre estamos preparados para lidar com as adversidades que aparecem em nosso caminho.

Como você lida com as suas crises? Nem sempre podemos prevê-las, mas podemos evitá-las. O que você pode fazer para impedir que crises aconteçam? E uma vez que aconteçam, você pode até não ter domínio sobre o que sente, mas pode controlar suas ações com relação a esses sentimentos e transformá-los em algo bom.

O que você acha de encarar crises como oportunidades de aprendizado, crescimento, transformação?

Para olhar por esse lado, conte com a nossa ajuda. Nosso programa de coaching de vida é ideal para ajudar você a lidar com crises e até tirar bom proveito delas. Acesse nosso Cardápio de Serviços e saiba mais!

Clássicos de volta às telonas

Clássicos de volta às telonas

Grandes marcos do cinema voltam a entrar em cartaz.

O que você gosta de fazer nos fins de semana? Prefere desenvolver uma nova habilidade, descansar, aproveitar o tempo livre para lazer…? Se você gosta de ir ao cinema, por exemplo, que tal rever grandes clássicos nas telonas?

Um bom filme pode ser uma excelente forma de relaxar e voltar a trabalhar mais leve e focado depois. Se for uma obra consagrada pelo público e crítica, então… Que tal aproveitar esse fim de semana – e outros por vir – para assistir a filmes que marcaram época?

A rede Cinemark traz de volta Taxi Driver, Pulp Fiction, Laranja Mecânica, Os Embalos de Sábado à Noite, Grease e Bonequinha de Luxo.

Confira a programação:

Taxi Driver: dias 31 de maio, 01 e 04 de junho.

Pulp Fiction: 07, 08 e 11 de junho.

Laranja Mecânica: 14, 15 e 18 de junho.
Os Embalos de Sábado à Noite: 21, 22 e 25 de junho.

Grease: 28 e 29 de junho e 02 de julho.

Bonequinha de Luxo: 05, 06 e 09 de julho.

Os filmes serão exibidos às 23:55 nos sábados, 12:30 nos domingos e 19:30 nas quartas. O valor dos ingressos é R$ 14,00 (inteira) e R$ 7,00 (meia).

Para mais informações, acesse o site oficial.

Durma bem para trabalhar melhor

Durma bem para trabalhar melhor

A Salada Corporativa adverte: dormir mal é prejudicial à carreira.

Você tem se sentido sem disposição no ambiente de trabalho? O sono não passa, fica o tempo inteiro com vontade de deitar e sua produtividade está caindo? Dormir mal pode deixar você com aquela sensação de esgotamento no corpo e na mente, o que acaba prejudicando – e muito – o seu desempenho no trabalho.

Acompanhamos esse processo com uma série de clientes que ou estão com problemas na carreira porque não conseguem dormir o suficiente ou estão decolando justamente pelo contrário: reconhecem a importância de recarregar as energias do corpo do jeito que a natureza gosta.

E se você gosta de informações dadas por quem é perito no assunto, lá vai: segundo Gilberto Ururahy, diretor da Med-Rio, para a Exame, “a privação do sono prejudica a capacidade de concentração, a tomada de decisões, a velocidade cognitiva e a memória, além de aumentar a ansiedade, o cansaço e a irritação”. E aí? Prefere sofrer todos esses impactos negativos ou dormir direito?

Ah, mas com tanta coisa para fazer, como arrumar tempo para dormir? Sim, para crescer na carreira você precisa se dedicar bastante, mas será que deixar a saúde de lado é a melhor ideia? Há formas muito eficazes para você reorganizar a sua agenda de modo que consiga cumprir todas as suas tarefas nos prazos estipulados, dormir bem, ter seus momentos de lazer e até deixar um tempinho livre para… Bom, para o que você quiser.

Tudo bem, legal. Mas então como é que se reorganiza a agenda? Isso é com você. A resposta está na sua mente. E se precisar de uma ajudinha para encontrá-la, que tal fazer um programa de coaching? Pode ser justamente a ajuda que você precisa.

E aí? Você tem dormido bem?

Uma boa dose de surrealismo

Uma boa dose de surrealismo

Cerca de 150 obras do artista surrealista em exposição no Rio de Janeiro.

Seja para descontrair depois do trabalho, seja para se divertir no fim de semana, uma exposição costuma ser uma boa pedida. Se for de um dos maiores nomes da arte mundial, então… Dia 30 de maio será aberta ao público, no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro (CCBB), uma mostra com cerca de 150 obras de Salvador Dalí. Entre pinturas, gravuras, documentos, fotografias e ilustrações, serão abordadas as diversas fases do pintor que se consagrou no período surrealista ao exibir para o público as singularidades de sua imaginação.

No mesmo dia da abertura os curadores darão palestra, às 18:30, no auditório do 4º andar.

Você pode conferir a exposição todos os dias com exceção das terças-feiras, das 9h às 21h, até 22 de setembro. O CCBB fica na Rua Primeiro de Março, 66, no Centro do Rio.

Você sabe escolher seus aplicativos?

Você sabe escolher seus aplicativos

Descubra como encontrar os melhores aplicativos para você alcançar os seus objetivos.

Já dizia Marshall McLuhan que os meios de comunicação são uma extensões do homem. A atualidade, com os smartphones sendo itens pessoais quase que indispensáveis, dá ainda mais embasamento a isso. Você consegue se imaginar sem postar aquela foto do pôr do sol no Instagram ou compartilhar no Facebook aquela notícia boa que você recebeu? É cada vez mais difícil pensar em um mundo sem esse tipo de tecnologia.

Com o celular sempre ao alcance, com todos nós cada vez mais conectados, surge um imenso leque de aplicativos tudo que é função e gosto. Mas será que você sabe escolher os melhores aplicativos para você? Se baixamos algum app, é porque temos algum objetivo com ele. Mas você conhece bem as suas ambições, os seus sonhos e, mais importante, tem a disciplina necessária para usar aplicativos a seu favor?

Essa semana dois dos nossos clientes aqui na Salada Corporativa, cada um com um objetivo diferente, tinham diversos aplicativos no celular que baixaram na intenção de usar como ajuda para se desenvolver… Mas não estava adiantando. O caso é o seguinte: uma dessas pessoas não tinha seu objetivo tão claro assim e, portanto, não sabia ao certo que tipo de aplicativo era melhor para ajudá-la. A outra tinha tudo muito claro em sua mente, mas não transformava em ação.

Antes de qualquer coisa, você precisa olhar para dentro de si e se conhecer cada dia mais e melhor. Sabe quando dizem que o ser humano conhece muito mais o espaço que o próprio oceano do planeta Terra? Se estamos tão preocupados em olhar para fora, imagine o que estamos deixando de aprender virando os holofotes para o que já temos e somos. Conheça-se melhor. Assim ficará bem mais fácil definir seus objetivos e, consequentemente, que tipos de aplicativos pode ajudar você a alcançá-los.

Você se conhece bem e baixou os aplicativos certos para lhe deixarem mais perto dos seus sonhos? Que bom! Mas e agora? Não adianta nada encher seu smartphone de apps se você deixá-los lá de enfeite. Pratique a disciplina. Quer um exemplo? Há alguns aplicativos que ajudam a controlar a sua dieta: você programa neles o que deve comer e que horas, e ele vai enviando avisos para te lembrar de se alimentar. Mas de que adianta programar tudo que vai comer se na hora que receber o aviso você não fizer nada? Mais ainda, se nem tiver comprado os alimentos que se comprometeu a consumir? A disciplina é uma habilidade que se pode desenvolver, como qualquer outra. Basta praticar. Transforme seus planos em ação. Faça seus aplicativos valerem de algo.

Autoconhecimento e transformação de discurso em atitudes são duas poderosas chaves para o sucesso. Faça bom uso!

Lançamento do livro “Eu sou uma pessoa de tremendo sucesso”

Ainda hoje, não é fácil ser mulher no mercado de trabalho. Mas isso não impediu grandes profissionais de conquistarem o sucesso. Trajetórias, carreiras e representações de mulheres que romperam o “teto de vidro” recheiam o livro “Eu sou uma pssoa de tremendo sucesso”, de Silvana Andrade. Explorando as estratégias para conciliar vida pessoal e trabalho, a autora reúne na obra histórias inspiradoras.

É com prazer que a Salada Corporativa convida você para participar do lançamento do livro!

Como foi: Sustainable Brands Rio 2014

Sustainable Brands Rio 2014

Nossa parceira Andréa Mauricio foi ao evento e conta como foi.

Foto Andrea MauricioAndréa Mauricio é educadora e sócia  da consultoria Gesthus, empresa especializada em Gestão Humana e Social, que apóia organizações públicas, privadas e do terceiro setor na tratativa de temas relacionados à responsabilidade social e sustentabilidade. Atuou em grandes empresas, nacionais e multinacionais, nos diferentes processos de RH e responsabilidade social.

 

Aconteceu nos dias 24 e 25 de abril a segunda edição do Sustainable Brands, no Rio de Janeiro. O evento faz parte de uma rede global de conferências que inclui Buenos Aires, San Diego, Londres, Istambul e Kuala Lumpur.

Com a apresentação de líderes empresarias e especialistas, cerca de 600 participantes compartilharam o conhecimento sobre negócios sociais, conectividade, inovação, engajamento de stakeholders, economia circular, métricas da sustentabilidade e branding, dentre outros temas, num diálogo amplo a respeito de evoluções indispensáveis às marcas num futuro que já chegou.

O tema global das conferências Sustainable Brands em 2014 baseou-se nos novos 3Rs – Reimagine, Redesenhe, Regenere – e propôs elevar a discussão para um nível mais estratégico, com a oportunidade para as empresas de reimaginar a sua finalidade e seus modelos de negócios, redesenhar suas estratégias e processos produtivos, além de regenerar as distorções econômicas, sociais e ambientais que o atual modelo de desenvolvimento propiciou.

Todo o evento foi pensado sob a ótica da sustentabilidade e baseado nos conceitos da biomimética – ciência que estuda as funções das estruturas biológicas. Desde a cenografia, com destaque para uso do bambu – um material extremamente adequado para a reutilização -, até a marca – inspirada nas Vitórias-Régias, cujas raízes submersas estão todas interconectadas e as plantas existentes dão suporte para outras brotarem…

KoAnn Skrzyniarz, fundadora e CEO da Rede Global Sustainable Brands Worldwide, esteve presente em todo o evento e apresentou exemplos de empresas que revolucionaram no design de produtos e serviços, contribuindo para as marcas conduzirem a economia mundial para um caminho diferente.

Ao final dos dois dias do evento, foi entregue o Prêmio de Sustentabilidade para empresas start-ups, o Sustainable Brands Innovation Open da SB Rio 14. A escolhida do júri técnico – que avaliou critérios como “criatividade do projeto”, “benefício social ou para o meio ambiente”, “qualidade da equipe”, “economia de escala” e “inovar e ir além” – foi a Treebos, que mantém bosques frutíferos para plantação em um tipo de crowdfunding (no site é possível que a pessoa invista na plantação de uma árvore).  Já a SOS Dental foi a start-up mais votada pelo público. Ela viabiliza o atendimento odontológico à população em comunidades vulneráveis, por meio do projeto Sorriso na Favela, graças ao consultório móvel que permite que o paciente seja atendido em qualquer localização.

E a propósito…

O mundo muda o tempo todo. #fato!

Mas o que isso significa? As transformações estão aí, para quem quiser ver…

Durante a segunda edição do Sustainable Brands, muitos conceitos foram apresentados e, além deles, a prática do que já é possível verificar entre as pessoas físicas e jurídicas em relação ao papel das marcas.

Segundo a pesquisa Edelman Trust Barometer 2014, existe uma nova dinâmica de influência; agora quem dita as regras são os cidadãos. O cidadão comum nunca foi tão decisivo para as marcas: “os números demonstram que o poder individual está à frente do institucional. As pessoas acreditam mais em seus pares. Cidadãos mais críticos e conectados tendem a cobrar cada vez mais de empresas, governo e outras instituições.” A mesma pesquisa indica, ainda, que os colaboradores são as vozes mais críveis em vários tópicos, incluindo o ambiente de trabalho, integridade, inovação e práticas de negócios da empresa.

Então, há que se engajar os colaboradores, torná-los seus porta-vozes. A base do engajamento é o propósito… E vejam só: trabalho com propósito é a segunda meta de vida da maioria do jovens que estão entrando no mercado de trabalho! A primeira é ter casa própria…

E para engajar o colaborador o que é preciso?

Segundo Richard Barret, se o objetivo é construir uma marca sustentável então é preciso construir uma cultura orientada por valores. E o que isso significa na prática? As empresas cujos líderes se preocupam com o quê seus colaboradores valorizam, com suas necessidades, conseguirão engajá-los e serão as que terão uma performance organizacional diferenciada. Para tal, siga os três ‘mantras’ de Barret:

>  foque na Visão, Missão e Valores;

>  inicie com a Auto Liderança;

>  mapeie e meça os Valores.

Na seqüência, o evento trouxe o debate sobre o modelo organizacional posto em ‘xeque’: é possível conciliar felicidade e trabalho? Só com engajamento! Ops… Voltamos ao que foi dito no início do post.

Os participantes dessa sessão temática trouxeram alguns dados importantes. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a depressão, até o ano de 2020 será a 2ª causa de aposentadoria por invalidez. Uma pesquisa da Towers Watson, realizada em 16 países, divulgada em julho de 2012, 48% dos empregados não estão felizes em suas empresas e deste, 65% estão desengajados.

Mas a prova que felicidade é estratégico veio por meio de uma pesquisa realizada por Raj Sisodia, um consultor indiano radicado nos EUA, que comparou a valorização das ações de dois grupos de companhias americanas entre 1996 e 2011.  De um lado, as 500 companhias mais negociadas na Bolsa de Nova York valorizaram 157% no mesmo período e de outro, as “empresas conscientes”, compromissadas igualmente com todos os seus stakeholders (empregados incluídos), acumularam 1.646%… Segundo ele, há três princípios para diferenciá-las: 1) são empresas com propósito; 2) propósito é gerar valor para todos os stakeholders; 3) seus líderes servem a esse propósito…

Fácil, não? Sqn!

TV Salada

José Ricardo Amaro, do Grupo ABC, fala sobre retenção e atração de talentos na Publicidade

José Ricardo Amaro, do Grupo ABC, fala sobre retenção e atração de talentos na Publicidade

Acesse a TV Salada no YouTube: Entrevistas, Eventos e Dicas de Lazer como você nunca viu!